O Mundial de Jiu-Jitsu de 2017, que marcou a 22° edição do maior torneio de arte suave do planeta, chegou para definir os melhores entre os melhores nesta temporada. Além de feras conhecidas dos tatames, que mais uma vez brilharam no famoso palco californiano da Pirâmide de Long Beach, jovens e ávidos faixas-pretas chegaram para buscar o seu lugar ao sol, como é o caso de Nicholas Meregali.

No auge de seus 23 anos de idade, o gaúcho de Santo Antônio, aluno de Mario Reis na equipe Alliance, não teve vida fácil no Mundial. Pudera, estamos falando do torneio mais difícil em diversos aspectos, mas para Meregali a situação ia além. Era sua estreia na faixa-preta, após conquistar tudo que se possa imaginar nas faixas roxa e marrom. A pressão sobre o jovem era gigante. Será que a fera iria brilhar também entre a elite do Jiu-Jitsu?

Na sua categoria, a dos pesos pesados, figuravam tubarões como Lucas Leite, Jackson Sousa, Adam Wardzinski, Dimitrius Souza, Matheus Diniz, Eduardo Inojosa, Tanner Rice e por último, mas não menos importante, o imparável Leandro Lo. Sem pestanejar, Nicholas partiu para dentro das feras e colocou sua complicada guarda em jogo para superar os obstáculos numa maratona de possíveis quatro lutas que lhe renderiam o ouro. E assim o fez.

Meregali venceu Helton Junior em sua primeira luta para, logo em seguida, medir forças e finalizar o campeão mundial Lucas Leite num belo estrangulamento arco e flecha. O menino gaúcho já colocava, assim, seu nome entre os favoritos. Na semifinal, um triângulo sobre Dimitrius Souza lhe garantia a vaga para disputar o título contra o temido Leandro Lo, que não perdia uma luta na IBJJF desde 2015, ao ser pego no armlock de Bernado Faria na final do absoluto, quando ainda figurava nos pesos mais leves.

Contudo, a estrela do jovem gaúcho estava predestinada a brilhar neste Mundial. Com uma raspagem que espantou todo o ginásio e habilidade elástica na guarda, Meregali conseguiu conter as investidas loucas de Lo e segurar o placar para sagrar-se campeão mundial entre os pesados. Medalha de ouro para o jovem aluno de Mario Reis e que estreia para o faixa-preta que ainda terá muitos Mundiais pela frente.

Para conferir a cobertura completa do Mundial de Jiu-Jitsu 2017, clique aqui!

Categories: NOTÍCIAS

1 thought on “Nicholas Meregali, a fera que destronou Leandro Lo no Mundial de Jiu-Jitsu 2017”

Um comentarista do WordPress · 27 de maio de 2017 at 10:19

Olá, isso é um comentário.
Para começar a moderar, editar e deletar comentários, visite a tela de Comentários no painel.
Avatares de comentaristas vêm a partir do Gravatar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts

NOTÍCIAS

4° Prêmio Top Ranking coroou os melhores do Jiu-Jitsu gaúcho na temporada 2017

A 4ª edição do Prêmio de Top Ranking foi realizada na Câmara de Vereadores de Porto Alegre no último sábado, dia 2 de dezembro, e contou com a presença da elite do Jiu-Jitsu gaúcho. Com Read more…

NOTÍCIAS

Studio 315 brilha no World Master Jiu-Jitsu 2017 na Califórnia – EUA.

O STUDIO 315 parabeniza o atleta e professor Giovanne Guedes pelo resultado conquistado no World Master Jiu-Jitsu 2017 da IBJJF Maior entidade do esporte mundial. Sabemos que não era o resultado desejado e merecido, mas Read more…

NOTÍCIAS

Baixas temperaturas e combates quentes marcaram a IV Etapa da Copa Prime de Jiu-Jitsu

Nem o frio espantou os guerreiros para uma jornada de altíssimo nível técnico de Jiu-Jitsu na IV Etapa da Copa Prime de Jiu-Jitsu, que rolou no último domingo, dia 11, na bela cidade serrana de Read more…